Como combinar as cores de madeiras com a decoração?

Como combinar as cores de madeiras com a decoração?

Existem várias cores de madeiras e juntá-las ao restante da decoração é algo perfeitamente e possível. Que tal incrementar em sua casa?

Versatilidade, elegância e total requinte são sinônimos propícios para nos referirmos aos móveis de madeira. Inclusive, a versatilidade dos móveis costuma ser tanta que não se pensa duas vezes quando falamos em combinar a madeira com a decoração.

Entretanto, temos um importante detalhe aqui: como combinar as cores de madeiras com a decoração? Como bem se sabe, existem móveis feitos de diversos tipos de madeira e trabalhados em diversas cores. Por isso, saber como deixar tudo harmônico e a sua cara faz toda a diferença.

Pensando nisso, montamos este artigo com algumas dicas infalíveis para tornar a combinação das cores de madeiras com o restante da decoração algo incrível. Vamos lá?

Pode misturar tons de madeira na decoração?

Antes de começarmos a falar sobre as cores da madeira em si, vamos para uma pergunta polêmica: pode misturar diferentes tons de madeira na decoração? Bom, e alguém disse que não? A ideia é totalmente possível, basta que você saiba fazer essa mistura corretamente.

Assim, a dica para fazer acontecer é escolher um tom de madeira predominante. Esta escolha será o ponto de partida e te dará um norte para a escolha das outras tonalidades para composição. Se o chão for de madeira, por exemplo, escolha a tonalidade como prevalente. Já se não for, escolha a maior mobília do ambiente para ser a cor que irá prevalecer.

Com um tom de madeira predominante, é hora de ir atrás dos demais tons. Como bem se sabe, os tons de madeira variam, mas normalmente se enquadram em dois grupos: tons quentes e frios. Portanto, aqui vai outra dica: combine o ambiente com tons parecidos para evitar que o cômodo pareça desconectado.

TONS QUENTES

cores de madeiras

TONS FRIOS

cores de madeiras

Outra dica é analisar o total de espécies de madeira de um único cômodo. De maneira geral, até 3 tons de madeira em um mesmo espaço é uma escolha certeira. Mas, lembre-se: as partes individuais devem compartilhar uma forma ou estilo similar.

Quais são as cores de madeiras existentes?

Mais uma vez: as cores de madeiras variam de acordo com a espécie de árvore que são originadas. Inclusive, vale destacar que mesmo sendo da mesma espécie, um móvel pode apresentar tonalidades diferentes, considerando o solo, condições climáticas e disponibilidades de nutrientes da árvore usada para produção.

Entretanto, de modo geral, dentro dos tons quentes e frios, é possível classificar e identificar as cores de madeiras de quatro formas: claros, médios, avermelhados e escuros.

As madeiras claras geralmente são originadas de eucalipto, pinus, pinho, cerejeira e itaúba. Já os tons médios e escuros são originados do cedro, imbuiá, carvalho, americano, cumarú, ipê e cedrinho. Por fim, os tons quentes e avermelhados vem de espécies, como mogno, jacarandá ou pau de ferro, peroba e angelim.

Como combinar as cores de madeiras com a decoração?

Chegou a hora de responder a pergunta que te fez chegar até este conteúdo. É perfeitamente possível fazer essa combinação e arrasar na harmonização do ambiente. Então, para isso, algumas dicas, são:

Procure elementos de ligação

Como assim um elemento de ligação? Bom, um truque comum é apostar em um item, como um tapete, capaz de unir as tonalidades entre o piso e os móveis. Entretanto, você pode buscar outros elementos, como uma cortina, para ligar o teto ao piso, por exemplo. Aqui, a ideia é que esse “elemento extra” possa criar um ponto de conexão entre os tons de madeira.

Fique atento as cores

Outra dica para arrasar na decoração é ligar as diferentes cores de madeiras a uma cor que faça a transição entre um tom e outro. Para exemplificar, entre o móvel e o piso de madeira, por exemplo, passe na parede uma cor capaz de ligar os tons.

Veja o que merece destaque

Tem um móvel de madeira diferente dos demais tons, mas faz questão de deixá-lo no ambiente? Então, use-o como destaque. Assim, a dica é colocar o móvel em um local que chame a atenção e deixe-o fazer a diferença por lá.

Tenha cuidado entre a madeira natural e a madeira pintada

Vai usar móveis de madeira natural e madeira pintada no mesmo ambiente? Então, procure dar preferência para as cores de madeiras em tons claros e neutros para a pintada. Isso afasta a possibilidade que o ambiente fique confuso e marcado.

Por fim, vale destacar que a madeira sempre valoriza a decoração, a tornando mais elegante e aconchegante. Assim, não deixe de usá-la por medo de fazer combinações. As nossas dicas foram montadas justamente pensando em te ajudar e deixar seu lar totalmente harmonioso. Portanto, coloque elas em prática e faça acontecer.

E, por falar em acontecer, que tal algumas inspirações para te ajudar a ter uma ideia melhor do que falamos durante este artigo? Escolhemos 4 sugestões lindas, confira e escolha sua predileta! Quer saber mais sobre os cuidados a se ter com os móveis de madeira? Então, confira nossos últimos posts!

Cores e madeiras claras e escuras em harmonia

cores de madeiras
Fonte: Decorfácil

Tons claros para um espaço clean

casa-madeira
Fonte: Decorfácil

Uma grande conexão de cores de madeiras

madeira
Fonte: Entenda Antes

Madeira natural e madeira pintada

cores de madeiras
Fonte: Entenda Antes

FONTE

Tons de madeira: principais nomes e como combinar na decoração de ambientes. Decorfácil. Consultado em 21 de março de 2022.

Cristian Diehl Cristian DiehlCristian Diehl é formado em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda na FAG de Toledo/PR. Trabalhou em várias agências de marketing e tem um viés de design muito bem qualificado. No ano de 2016 uniu sua paixão pelo design com a criação de móveis exclusivos, e junto com seu sócio fundaram a Móveis Gruber.

Comentários

Cadastre-se e receba nossas novidades